Amora

Conheça quais são os beneficios da Amora (Rubus glaucus – Rosaceae) e da Amora silvestre (Rubus fruticosus)

Amora (Rubus glaucus – Rosaceae)
Pelo seu conteúdo em ferro é excelente para combater a anemia. Consome-se fresca em sumos, compotas, geleias, marmelada, sobremesas. Em xarope usa-se contra inflamações da garganta, em gargarejos. Com as amoras brancas prepara-se um xarope para o catarro. Combate a diarreia, elimina os vírus infecciosos, impede lesões nos vasos sanguíneos, actua como laxativo. O sumo de amoras espremidas em mel e água tépida é excelente contra as enfermidades da garganta, rouquidão, inflamação de gengivas e língua. Na Suécia, a sopa de amora seca foi utilizada por médicos para taatar a diarreia infantil.
As substâncias químicas da amora (taninos) contrariam os efeitos da arteriosclerose.

Amora silvestre (Rubus fruticosus)

Purifica o sangue. O sumo da amora silvestre constitui um magnífico xarope contra as inflamações da garganta. A fruta crua, adoçada com mel ou deixando-a ferver em pouca água, é um maravilhoso expectorante. A sua virtude mais importante é ser adstringente (contém grande quantidade de tanino) e usa-se contra diarreias, hemorróidas, fortalece as gengivas, evita a queda dos dentes, as menstruações abundantes e areias nos rins.

10. Março 2010 by admin
Categories: Alimentos Saudaveis | Leave a comment

Leave a Reply

Required fields are marked *


*